sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

São Carlos defende vaga no G-8 contra o Noroeste neste sábado

O São Carlos Futebol Clube abre a 12ª rodada do Campeonato Paulista da Série A-3 (Terceira Divisão) na manhã deste sábado (24/2), contra o Noroeste, às 11 horas, no estádio municipal professor Luis Augusto de Oliveira (Luisão). As duas equipes estão bem na competição, dentro do G-8, ou seja, a zona de classificação à segunda fase.

Invicto há cinco jogos, desde que o técnico Luiz Muller assumiu o comando técnico, a Águia da Central precisa dos três pontos para seguir firme na zona de classificação. Com 18 pontos, o time são-carlense inicia a rodada da sétima posição, três pontos a menos que seu adversário, que com 21, está na quarta colocação.

Os dois empates fora de casa foram bem assimilados pela comissão técnica, que acredita em um bom resultado em casa para seguir avançando na competição.

``Somar pontos fora de casa é sempre importante, ainda mais na Série A-3, tão equilibrada. Lógico que tivemos a chance de até termos voltado com mais pontos, mas sabemos das dificuldades que estamos enfrentando. Agora é novamente fazer a lição de casa, diante de concorrente direto, que nos dará boa colocação no final da rodada e fortes na briga pela classificação´´, explicou Luiz Muller.


São Carlos e Noroeste já se enfrentaram em cinco jogos entre Série A-2 (Segunda Divisão) e Série A-3 (Terceira Divisão). Os bauruenses levam ligeira vantagem no confronto. São duas vitórias do Noroeste, dois empates e uma vitória da Águia da Central. No estádio Luisão foram três confrontos, com uma vitória para cada lado e um empate.

Os ingressos estão sendo vendidos nas bilheterias do estádio Luisão. Geral R$ 10,00 (meia R$ 5,00) e Coberta R$ 20,00 (meia R$ 10,00). Crianças de 5 a 12 anos, estudantes portando a carteirinha, mulheres, professores da rede pública e pessoas a partir de 65 anos pagam meia entrada.

A partida terá transmissão ao vivo para todo Brasil pela Rede Vida de Televisão.

Veja os jogos da 12ª rodada e a classificação:


24/02 – 11h – São Carlos x Noroeste

24/02 – 15h – Taboão da Serra x Velo Clube

24/02 – 15h – Manthiqueira x Desportivo Brasil

24/02 – 16h – União Barbarense x Portuguesa Santista

24/02 – 16h – Matonense x EC São Bernardo

24/02 – 19h – Marília x Atibaia

24/02 – 20h – Barretos x Capivariano

25/02 – 10h – Grêmio Osasco x Rio Preto

25/02 – 10h – Monte Azul x Mogi Mirim

25/02 – 10h – Olímpia x Rio Branco

Classificação 

1º Atibaia – 23 pts

2º Portuguesa Santista – 23 pts

3º Capivariano – 21 pts

4º Noroeste – 21 pts

5º Barretos – 19 pts

6º Velo Clube – 18 pts

7º São Carlos – 18 pts

8º Desportivo Brasil – 17 pts

9º Rio Preto – 17 pts

10º Taboão da Serra – 15 pts

11º EC São Bernardo – 15 pts

12º Monte Azul – 15 pts

13º União Barbarense – 14 pts

14º Grêmio Osasco – 14 pts

15º Olímpia – 13 pts

16º Marília – 11 pts

17º Matonense – 9 pts

18º Manthiqueira – 8 pts

19º Rio Branco – 8 pts

20º Mogi Mirim – 2 pts






Fonte: assessoria de imprensa do São Carlos

Ituano busca a terceira vitória no Paulistão


A vitória contra o São Paulo por 2 a 1, em Itu, colocou o Ituano em vantagem no grupo A do Campeonato Paulista. O time subiu para o segundo lugar, com 11 pontos. Está dois à frente do Bragantino. Tão importante quanto a posição na tabela de classificação foi a segunda vitória na competição.

``A sequência de empates vinha atrapalhando. Alguns empates aconteceram no final da partida. Isto acabava trazendo dúvida e preocupação. Agora depois de vitória dessa poderemos jogar mais leves e tranquilos para nos aproximarmos do nosso objetivo que é a classificação´´, comentou o experiente zagueiro Alison que marcou o gol contra o Tricolor.

A opinião corroborada pelo meia Guilherme.

``A vitória veio no momento certo. Nós estávamos fazendo bons jogos, mas sempre empatando. Assim provocava desconfiança de quem está fora. Sabíamos que este jogo contra o São Paulo poderia mudar esta situação. A confiança aumentou em todos. O Ronaldo fez o gol e ele também se cobrava muito. O Alison voltou e fez grande jogo. O Vagner mais uma vez foi o destaque. Uma vitória que foi boa para todos no clube``, afirmou Guilherme, que fez assistência precisa para o gol de Ronaldo.

Com novegols, o Ituano tem o terceiro ataque da competição. Atrás de Palmeiras (14) e Santos (12). A média de 2,09 gols por jogo no atual Paulista é baixa.


O campeonato teve dois terços disputados. Faltam 4 rodadas e os grupos começam a definir seus classificados. Após 64 jogos, aconteceram 23 empates. Significa 35% de empates nos jogos.

``O Paulista é muito disputado. Todos os clubes buscam o gol. O equilíbrio da competição provoca isso, muitos empates em cada rodada. Espero que agora possamos dar sequência as vitórias e conseguirmos a classificação. Espero que o torcedor compareça na segunda, apesar do horário ruim. Que dê voto de confiança ao time porque estamos merecendo apoio´´,  pede Alison, titular o São Caetano. Se machucou na estreia e voltou contra o São Paulo, mas não conseguiu jogar o tempo todo.

``Saí mais por causa do cansaço físico. Estava parado, voltando de contusão. O jogo foi muito disputado e foi melhor eu sair. Estou feliz por estar retribuindo o carinho de todos no clube. A oportunidade de voltar a jogar grande partida e ainda sair vencedor. Agora é foco total no Red Bul Brasil´´, lembrou Alison.


Outro que voltou foi o meia Guilherme. Titular nas seis primeiras rodadas, ele ficou no banco em Mirassol e retornou contra o São Paulo.

``Todos querem jogar sempre. O Bassani entrou e fez boa partida. Sempre torço por ele. Somos amigos. Não joguei contra o Mirassol, mas torci e vibrei por ele e pelo time. Agora joguei contra o São Paulo. O futebol é muito rápido, muito dinâmico. Temos que estar sempre prontos para ajudar o Ituano´´, afirmou Guilherme que fez sua segunda assistência no campeonato. A outra foi também na vitória contra o São Caetano.

O Ituano jogará mais uma vez em casa para buscar a terceira vitória no campeonato. Na segunda-feira (26/2), às 17h30, contra o Red Bull. Para compensar o horário ruim para o torcedor, o Galo de Itu promove o Jogo da Sustentabilidade. O torcedor que levar duas garrafas PET troca por um ingresso na descoberta.

``Essa promoção é muito boa! Sei que o horário não é bom, mas convido todos para irem ao jogo. Vão estar saindo do trabalho e dá para ir direto. Estamos confiantes e será importante o apoio da torcida. Será jogo fundamental para nossas pretensões no campeonato. Faltam poucas rodadas e estamos brigando pela vaga´´, falou Guilherme.











Fonte: assessoria de imprensa do Ituano

Santos empresta Stéfano Yuri ao São Caetano


No último dia de inscrições para a Série A-1 do Campeonato Paulista, o São Caetano acertou com mais um reforço visando a sequência da disputa. Trata-se do atacante Stéfano Yuri, que chega por empréstimo do Santos até o término do Estadual.

O centroavante foi inscrito na vaga de Jô Fernandes, que devido lesão no joelho não tem mais condições de atuar neste Paulistão.

Sabendo da responsabilidade que terá ao vestir a camisa do Pequeno Gigante, Stéfano Yuri falou sobre os planos ao atuar no Anacleto Campanella.

``A expectativa é a melhor possível. Um desafio novo na carreira, e eu creio que todo atleta é movido por desafios. O São Caetano me abriu as portas e espero retribuir toda confiança depositada no meu futebol´´, afirmou.

O novo reforço do Azulão tem histórico de sucesso nas categorias de base do Peixe, onde venceu o título da Copa São Paulo em 2013 e 2014. Nesse último, o atacante terminou a competição como o seu principal artilheiro, com nove gols marcados.

Pronto para jogar, Stéfano Yuri também comentou sobre a sua condição física visando esta nova empreitada no São Caetano.

``Já vinha treinando. Me apresentei juntamente com o Santos na pré-temporada. Então não estava parado. Estou à disposição e quero estar dentro de campo o mais rápido possível. Vontade não vai faltar´´, contou o atacante.

Além do Santos, Stéfano Yuri defendeu por empréstimo os times do Náutico, Botafogo, de Ribeirão Preto, e Vila Nova-GO.

Ficha técnica:

Posição: Atacante

Nome: Stéfano Yuri Gonçalves Almeida

Nascimento: 27/04/1994

Natural de: Sete Lagoas(MG)

Clubes: Santos, Náutico, Botafogo(SP) e Vila Nova(GO)


São Caetano encara São Bento neste sábado

Para se recuperar de vez no Paulistão, o São Caetano realiza novo jogo de caráter decisivo. Neste sábado (24/2) a equipe enfrenta o São Bento, às 21h30, no estádio Anacleto Campanella.

``O São Bento é boa equipe. Já ganhou dos times grandes e faz ótima campanha. Mas o nosso time é muito bom também. Vamos brigar de igual para igual. Sempre com foco na vitória´´, afirmou o meia Nonato.

Na partida contra o São Bento, o torcedor do Azulão pode garantir presença ao trocar duas garrafas Pet, de qualquer tamanho, pelo ingresso para o setor descoberto do estádio. Neste sábado as trocas ocorrem a partir das 16 horas, apenas no Anacleto Campanella.








Fonte e foto: assessoria de imprensa do São Caetano


Daniel está animado com crescimento da Ponte Preta


A Ponte Preta avançou para a terceira fase da Copa do Brasil. O gol foi marcado pelo atacante Yuri, revelado na base do clube, após bela jogada do meia Daniel, que foi titular pela primeira vez com a camisa da Macaca. Agora, na sequência do torneio nacional , o time paulista encara o Sampaio Corrêa-MA.

O meia Daniel, recém chegado à equipe, emprestado pelo São Paulo, comemorou a classificação e a sequência de jogos na Ponte.

``Fico muito feliz em ter participado do gol, ajudado na construção da vitória. Tive dois anos muito abaixo do que eu queria e do que eu esperava, mas agora as coisas estão caminhando bem e estou conseguindo ter sequência na Ponte. Cada jogo me sinto mais confiante e melhor para ajudar a equipe. Acredito que posso ajudar ainda mais com o passar dos jogos´´, disse o jogador.

Após a classificação, a Ponte volta as atenções para o Paulista, onde enfrenta o Mirassol, fora de casa, e precisa somar pontos para seguir dentro da zona de classificação.

``A classificação na Copa do Brasil foi importante para dar mais confiança ao grupo no Paulista. São quatro empates seguidos no estadual e precisamos vencer para buscar a classificação. O adversário também precisa vencer e vamos jogar na casa deles. Vai ser jogo importante para ambos´´, completou.

Daniel já soma seis jogos com a camisa da Ponte Preta. Mirassol e Ponte se encaram neste domingo (25/2), às 19h30, em Mirassol.






Fonte: P2 Assessoria

Guarujá apresenta comissão técnica para Quarta Divisão do Paulista (Sub 23)

De volta ao Campeonato Paulista da Quarta e última Divisão, chamado de Segunda Divisão pela Federação Paulista de Futebol, após três anos licenciada, a Associação Desportiva Guarujá (veja mascote ao lado) apresenta oficialmente na próxima quinta-feira (1º de março) comissão técnica e elenco para a temporada 2018. A competição será Sub 23 em 2018.

 O encontro com a imprensa será realizado às 10 horas, no Estádio Antonio Fernandes (Rua Brasilina Desidério, Jardim Primavera), onde o clube mandará seus jogos.

O diretor executivo de futebol será um velho conhecido do futebol da Baixada Santista. Samuel Maninho, que participou de dois acessos de clubes da região para a Série A-3 (São Vicente, em 2012, e Portuguesa Santista, em 2016), será o responsável pela administração do dia a dia da equipe.

Essa é a formação da diretoria e comissão técnica da AD Guarujá:

Presidente: Cláudio Gomes Vieira
Vice-presidente: Marcos Bruno
Presidente do Conselho Deliberativo: Sr Ubaldo
Diretor de Futebol: Camões Salazar 
Diretor Financeiro: Josias Gama 
Diretor executivo de Futebol: Samuel Maninho 
Gerente de Futebol: Edu 
Supervisor: Isaque

Técnico: Wendell Freitas
Auxiliar técnico: Jorge Castilho
Preparador Físico: Gustavo Cruz
Auxiliar de preparação física: Pantoja 
Preparador de goleiros: Valter Gil
Massagista: Sapucaia
Mordomos: Balu e Roberto

ESTREIA NO DIA 7 DE ABRIL

A AD Guarujá integra o grupo 5 da competição, ao lado do Jabaquara (Santos_, Barcelona Capela (bairro do Socorro, na Zona Sul da Capital), Elosport (Capão Bonito), Itararé, Mauá, Primavera (Indaiatuba) e Grêmio Mauaense (Mauá), adversário da estreia, marcada para o dia 7 de abril no Estádio Pedro Benedetti, na Grande São Paulo.






Fonte: Tática Assessoria

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

São Bento desafia retrospecto e tabus para vencer São Caetano no ABC


O São Bento enfrenta o São Caetano neste sábado (24/2), às 21h30, no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, no ABC paulista, pela nona rodada do Campeonato Paulista.

Invicto fora de casa (duas vitórias e um empate) e sem perder há quatro jogos (uma vitória e três empates), o clube de Sorocaba terá pela frente no ABC um adversário historicamente indigesto. As duas equipes são rivais desde 1992 e, de lá para cá, se enfrentaram 17 vezes em competições oficiais, com oito vitórias do time do ABC, seis empates e apenas três triunfos do Bentão. O Pequeno Gigante marcou 29 gols, contra 16 gols do São Bento.

Visando a classificação às quartas de final, o São Bento busca no ABC vitória que não acontece há 25 anos. A última e única vitória beneditina sobre o São Caetano como visitante foi por 1 a 0, gol de Toinzé, pela Terceira Divisão (Série A-3) do Campeonato Paulista de 1995.

Também já se passaram 12 anos da última vez em que o Bentão derrotou o Pequeno Gigante. A vitória foi por 3 a 2, gols de Genílson e Nena (2), em Sorocaba, no estádio Walter Ribeiro, pelo Paulistão de 2006.

São Bento e São Caetano não se enfrentam há quatro anos. No último encontro empataram por 0 a 0, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, pela 14ª rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (Série A-2) de 2014.

No momento, o time sorocabano aparece na segunda posição do Grupo C, com 13 pontos, seguido de perto pelo Novorizontino, terceiro da chave com 11 pontos ganhos. Já o São Caetano é o lanterna do Grupo B, com sete pontos ganhos.

Na classificação geral, o São Bento esta em quarto lugar, e o Pequeno Gigante está na penúltima posição, em 14º lugar, com o mesmo número de pontos do Mirassol, que abre a zona de rebaixamento.

Na rodada passada, o Bentão empatou, em casa, com o Botafogo por 0 a 0, enquanto o time do ABC venceu, em casa, a Ferroviária por 1 a 0.





Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Eduardo Baptista avalia classificação da Ponte Preta à terceira fase da Copa do Brasil

Uma equipe que mostrou garra para vencer não apenas o jogo, mas também o desgaste físico pela sequência de jogos no Campeonato Paulista. Essa é a avaliação do técnico Eduardo Baptista em relação à Ponte Preta na vitória por 1 a 0 diante da Inter de Limeira, quarta-feira (21/2), em Campinas, pela segunda fase da Copa do Brasil. 

``Vínhamos de jogo muito bom contra o Palmeiras, onde enfrentamos de igual para igual e tivemos bom desempenho e futebol. Diante da Inter não tivemos futebol vistoso, mas foi o time da superação. Após 48 horas de jogo pesado, entramos em campo, buscamos, tivemos a paciência de buscar os espaços, não nos expor e lutamos até o final. O cansaço abateu os jogadores que atuaram 90 minutos, mas soubemos estar bem postados, tivemos maturidade para ganhar o jogo e a classificação foi importantíssima nesse momento´´, diz.

Para o treinador, tão importante quanto a classificação foi o gol de Yuri, revelado nas categorias de base, e oriundo de trabalho tático desenvolvido nos treinamentos.

``Levamos o Daniel para o lado, colocamos dois centroavantes, o que foi algo que tínhamos treinado, e colocamos em prática. Ainda bem que foi uma jogada dessas que saiu o gol´´, destaca Eduardo Baptista, revelando ainda o que foi feito no intervalo de jogo, quando ainda estava 0 a 0 no placar.

``Tivemos conversa de ajuste para jogarmos pelos lados. Não houve falta de entrega. Fizemos ajustes táticos com substituições. Voltamos melhores, fizemos o gol e levamos até o final´´, emendou o treinador.


Eduardo Baptista fez questão de valorizar o trabalho feito pela defesa pontepretana.

``Não podemos falar em zaga sem falar dos laterais, que vivem momento defensivo muito bom. É primeira linha que expõe muito pouco o time, poucas vezes o adversário chega de frente com o Ivan. O conjunto está sólido. Renan Fonseca vive momento importantíssimo. Seguro, bem no alto, dá estabilidade e os dois laterais são agressivos. Surgem poucos cruzamentos na nossa área, porque nós conseguimos encurtar. Depois há um tripé, com o volante oposto que ajuda. É setor em que estamos bem encaixados´´, elogia.


Na espera do vencedor do duelo entre Sampaio Correa-MA e Paraná Clube, o técnico comentou sobre as equipes que se enfrentam nesta quinta-feira (22).

``São adversários difíceis. O Paraná tem orçamento de Série A, está montando bom time, teve troca de treinador recente. Tem jogadores qualificados, é time como o nosso em montagem e que ainda não se vê uma espinha. O Sampaio é muito difícil jogar contra. Já disputei duas Copas do Nordeste contra. O clima, campo pesado, time aguerrido, de força física. E o nosso calendário começa apertar. Domingo temos o Mirassol, viajamos de madrugada para Campinas e já jogamos na quarta o primeiro jogo. Por isso é importante ter todos os jogadores e colocar time melhor condicionado, e que possamos assim encarar bem o jogo´´, completa o comandante da Macaca.






Fonte: assessoria de imprensa da Ponte Preta

Welinton Junior quer gol contra São Paulo para homenagear filha que está chegando


Um dos destaques da Ferroviária nesse Campeonato Paulista, Welinton Junior brilhou nas últimas rodadas com assistências. Foram duas nos últimos três jogos, quando a equipe da cidade de Araraquara, a popular Locomotiva, venceu um, empatou outro e foi derrotada no último. Mas o atacante agora quer bola na rede. E tem um motivo mais do que especial.

É que, com 24 anos, vem aí a primeira filha do jogador. Welinton Junior e sua esposa, Jordana Queiroz, estão esperando Maria Luiza, que deve vir no próximo mês.

``Estou feliz com o meu rendimento. Na verdade é o que eu sempre falo, o que importa realmente é o coletivo. Trabalho para ajudar a Ferroviária. Precisamos melhorar nossa campanha. E um gol para ajudar seria mais do que especial. Estou devendo para a Maria Luiza, que está chegando. Vamos ver se não sai contra o São Paulo´´, afirmou.


A Ferroviária mede forças com o tricolor paulista no próximo fim de semana. De acordo com Welinton Junior, o time não pode focar apenas no contra-ataque.

``Claro que eles devem ter mais a bola, devem agredir a gente mais. Vão jogar em casa. Mas temos que jogar também. Ficando mais com a bola evitamos que eles nos pressionem a todo tempo. É jogo bom de jogar. Gosto muito de jogos assim, deve ter bastante espaço. Estamos trabalhando bastante para tentar surpreender o São Paulo´´, finalizou o jogador, com boas passagens por Paysandu, CRB e Mirassol.







Fonte: AV

Agora pelo Santo André, Adriano revela emoção de retornar à Vila para encarar o Santos


O confronto do próximo domingo do Santo André com o Santos, pela nona rodada do Campeonato Paulista, será bastante especial para Adriano. Hoje no clube do ABC, o popular Ramalhão, o volante retorna ao estádio do Peixe, onde atuou com sucesso entre os anos de 2006 e 2009 e de 2010 a 2013.

``Foi no Santos que minha carreira ganhou projeção, com a conquista dos títulos de três edições do Paulista (2007, 2011 e 2012) e, principalmente, da Libertadores de 2011. Tenho excelentes lembranças do estádio, do carinho da torcida. Será muito legal rever os amigos que tenho no clube. Tenho certeza que um filme irá passar na minha cabeça´´, revelou o meio-campista, hoje com 30 anos de idade.

Natural da vizinha cidade de São Vicente, onde até hoje residem seus familiares, Adriano contará com um apoio especial na partida de domingo.

``Minha família e muitos amigos deverão irá à Vila Belmiro para incentivar a mim e, claro, todo o time do Santo André. Sabemos que o jogo será difícil, mas estamos na luta pela classificação e vamos lutar o tempo todo por um resultado positivo´´, afirma o volante.

Adriano já atuou duas vezes como visitante no estádio alvinegro. Em 2013, com a camisa do Grêmio, obteve um empate. Dois anos depois, já como atleta do Avaí, viu sua equipe sair de campo derrotada.





Fonte e foto: Tática Assessoria

Juventude defende tabu contra o Avaí para avançar na Copa do Brasil

Juventude e Avaí se enfrentam na noite desta quinta-feira (22/2), às 19h15, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), pela segunda fase da Copa do Brasil. 
Quem passar, além de garantir R$ 1,4 milhões para os cofres do clube, ira encarar o Fluminense na terceira fase.

Na história, Juventude e Avaí se enfrentaram oficialmente 12 vezes, com retrospecto equilibrado. Foram quatro vitórias do Alviverde, quatro empates e quatro triunfos do time catarinense.

Como mandante, o Juventude jamais perdeu para o Leão da Ilha. Foram realizados seis duelos em Caxias do Sul, com três vitórias gaúchas e três empates.

As duas equipes não se enfrentam há 10 anos. No último encontro, com gol de Marcelo Costa, o Juventude venceu o Avaí por 1 a 0, em Caxias do Sul, no Estádio Alfredo Jaconi, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B de 2008.

Lembrando que o jogo desta noite será o primeiro encontro entre as duas equipes neste ano, já que ainda irão se enfrentar mais duas vezes pela Série B do Brasileiro.





Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Com o São Paulo de olho, Régis projeta sequência fora de casa do São Bento

Com 13 pontos em oito jogos, o São Bento vem fazendo bom Paulistão e está na zona de classificação no Grupo C, com 13 pontos, sete atrás do líder e invicto Palmeiras. No geral, a equipe tem a quarta melhor campanha, atrás apenas de Palmeiras, Santos e Corinthians. São três vitórias, quatro empates e apenas uma derrota. 

Quem faz parte do elenco e vem inclusive se destacando nos jogos, é o lateral-direito Régis. O São Paulo, inclusive, anunciou que tem interesse em sua contratação. O atleta participou de todas as partidas até aqui e tem um gol e uma assistência na competição.

``A equipe tem feito grandes jogos. O grupo todo está se dedicando em cada partida e focado para conquistar a classificação. O campeonato está muito disputado e qualquer vacilo pode custar caro. Temos agora pela frente dois confrontos fora de casa, que serão importantíssimos em busca da vaga para as quartas de final´´, analisou o jogador, que soma 30 partidas com a camisa do São Bento.


Nos dois próximos finais de semana, o Bentão encara o São Caetano e o Red Bull Brasil. O Azulão, adversário deste sábado (24/2), traz boas recordações para Régis, isso porque no último confronto com a equipe, o lateral, além de vencer por 4 a 1, marcou um gol e deu três assistências.

``Me lembro bem dessa partida, foi no Campeonato Paulista de 2013, quando defendi o São Bernardo. Sem dúvida foi uma das partidas mais marcantes da minha carreira. Primeiro por ter sido clássico regional e pelo grande resultado conquistado, além, é claro, por ter participado de todos os gols. Foi uma das minhas melhores atuações e espero que possa novamente ajudar a equipe´´, concluiu.


O duelo entre São Caetano e São Bento acontece às 21h30, no estádio Anacleto Campanella, na cidade de São Caetano do Sul, pela nona rodada.







Fonte: AV
Foto: assessoria de imprensa do São Bento

Desportivo Brasil reage na Série A-3 do Paulista e entra no G-8

Terminou a 11ª rodada da Série A-3 (Terceira Divisão) do Campeonato Paulista. Faltando apenas oito jogos para conhecermos os oito primeiros colocados, que estarão garantidos na segunda fase, e os seis últimos, que serão rebaixados, o Desportivo Brasil passou a ser a novidade no seleto grupo do G-8. E foi em grande estilo!


Jogando na cidade de Porto Feliz, o Desportivo Brasil não teve dificuldades para vencer o Olímpia, que segue na zona do rebaixamento, por 2 a 0. Os gols foram marcados por Diego Landis e Douglas. Agora, a equipe comandada pelo técnico Caio Zanardi, ocupa a oitava colocação, com os mesmos 17 pontos do Rio Preto, mas em vantagem nos critérios de desempate. Já o Olímpia é 15º, com 13 pontos.

No duelo entre os líder, que aconteceu na cidade de Indaiatuba, o futebol saiu vencendo com grande movimentação, duelo tático interessante e muitos gols. Atibaia, do técnico Betão Alcântara, e Portuguesa Santista, de Sérgio Guedes, ficaram no empate em 2 a 2.

A valente Briosa ficou na frente do placar em duas oportunidades. Mas o organizado Atibaia, que lidera com os mesmos 23 pontos do rival e leva vantagem no número de vitória, foi à luta e chegou ao empate aos 40 minutos do segundo tempo. Belo jogo!

Quem colou nos líderes foi o Capivariano, do técnico Roberval Davino. Em casa, a equipe superou o Taboão da Serra por 2 a 0, gols de Prachedes e Bill, e chegou aos 21 pontos, ocupando a terceira posição.

Quem também tem 21 pontos, mas está em quarto lugar pelos critérios de desempate, é o Noroeste, do técnico Alberto. Em Bauru, o popular Norusca venceu o clássico regional diante do Marília por 1 a 0, gol de Alex.

Confira os resultados da 11ª rodada:

Quarta-feira - 21/2

Matonense 1 (Cléber) x Manthiqueira 0

Desportivo Brasil 2 (Diego Landis e Douglas) x Olímpia 0

Atibaia 2 (Danilo Pereira e Mascote) x Portuguesa Santista 2 (Gledson, contra, e Léo Gonçalves)

Mogi Mirim 0 x Barretos 1 (Hugo)

Rio Branco 0 x União Barbarense 1 (Jean Natal)

Grêmio Osasco 1 (Vit) x Velo Clube 2 (Rafael Guedes e Glauber)

Rio Preto 2 (Édipo e Maycon) x São Carlos 2 (Maranhão e Gustavo Henrique)

Capivariano 2 (Prechedes e Bill) x Taboão da Serra 0

Noroeste 1 (Alef) x Marília 0 

EC São Bernardo 1 (Bruno Gaúcho) x Monte Azul 1 (Hayllan)


CLASSIFICAÇÃO

1º Atibaia - 23 pontos
2º Portuguesa Santista - 23
3º Capivariano - 21 pontos
Noroeste - 21
5º Barretos - 19 pontos
6º Velo Clube - 18 pontos
São Carlos - 18
8º Desportivo Brasil - 17 pontos
Rio Preto - 17
10º Taboão da Serra - 15 pontos
EC São Bernardo - 15
Monte Azul - 15
13º União Barbarense - 14 pontos
Grêmio Osasco - 14
15º Olímpia - 13 pontos
16º Marília - 11 pontos
17º Matonense - 9 pontos
18º Manthiqueira - 8 pontos
Rio Branco - 8
20º Mogi Mirim - 2 pontos


ARTILHARIA

7 GOLS

Danrley (Grêmio Osasco)

6 GOLS

Robinho (Mogi Mirim)

5 GOLS 

Bill (Capivariano), Maranhão (São Carlos), Caio (Taboão da Serra) e Jean Natal (União Barbarense)

4 GOLS

Danilo Pereira (Atibaia), Welder (Capivariano), Max Pardalzinho (Olímpia), Gustavo Henrique (São Carlos) e Diego Souza (Taboão)

3 GOLS

Tavares e Mineiro (Atibaia), Erik Mendes (Desportivo Brasil), Bruno Gaúcho (EC São Bernardo), Du Gaia (Marília), Juca (Monte Azul), Gabriel Esteves (Noroeste), Léo Gonçalves e Carlos Alberto (Portuguesa Santista), Édipo (Rio Preto) e Higor Meritão (Velo Clube) 

2 GOLS

Mascote (Atibaia), Hugo, Barcos e Zezinho (Barretos), Gutiérrez (Capivariano), Diego Landis e Douglas (Desportivo Brasil),  Lucas Gomes e Alan Bahia (EC São Bernardo), Lucas Lima e Pedrinho (Manthiqueira), Cléber, Pedro e Ayrton (Matonense), Jonathan, Anderson Brito, Gustavo Henrique e Conrado (Monte Azul), Alef e Marcelinho (Noroeste), Felipe (Olímpia), Anderson Magrão, Fabrício Tozi,  Dema e Rafael Ferro  (Portuguesa Santista), Hugo (Rio Branco), Wallace (São Carlos), Cecel (Taboão), Igor (União Barbarense) e Luiz Henrique e Ruster (Velo Clube)

1 GOL

Giovane, Samuel e Paraíba (Atibaia), André Luís, Nathan, Boca, Guilherme, Alex Barros e Fernando (Barretos), Prachedes, Alexandre, Bruno Sabiá, Marques, Rambo e Erick Mamadeira (Capivariano), Léo Prado, Vitor Rossini, Edson Pio, Meneghel e Willian (Desportivo Brasil), Alan Lopes, Marcos Nunes, Tauã, Andrezão e Nelsinho (EC São Bernardo), Vit, Elton, Igor, Brumati e Rubens (Grêmio Osasco), Paulo, Nicolas e Victor Clemente (Manthiqueira), Thiago Santos, Romarinho, Alisson, Jefferson, Galego e Adilson (Marília), Wellington Japa, Matheus Gomes, Rodrigo, Wallace e Rafael (Matonense), Americano, Ronaldo, Romarinho e Diogo (Mogi Mirim), Hayllan, Bruno Ceará e Lucas Cezane (Monte Azul), Vilson, Jean Pierre, Ricardinho, Leandro Oliveira e Wellington (Noroeste), Lauri, Diego, Robinson, Geovane, Malcon, Buiu, Roger Goiano, Léo Mineiro, André Bahia, Léo Porto e Bruno (Olímpia), Wendel e Rômulo (Portuguesa Santista), Alemão, Duduzinho, Bernardi e Mima (Rio Branco), Maycon, Jonatas Obina, Léo Ribeiro, Jéferson Paulista, Jean Batista e João Feres (Rio Preto), Marcelinho, Danilo, Marcus Vinicius e Carlão (São Carlos), Edson, André Luís, Marcelinho, Rodrigo e Somália (Taboão), Rafael Magalhães (União Barbarense) e Rafael Guedes, Glauber, Ray, Chuck, Lucas e Danilo Pereira (Velo Clube)

GOL CONTRA


Gledson (Atibaia, para Portuguesa Santista) e Diego Souza (Taboão da Serra, para Rio Preto)

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Clubes paulistas conhecem seus grupos na Série D do Brasileiro


A CBF divulgou nesta terça-feira (20/2) e regulamento e os grupos da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro de 2018. O torneio terá a presença de cinco clubes paulistas, que tentarão o acesso para a Série C em 2019. A competição terá início no dia 22 de abril, logo após o encerramento dos campeonatos estaduais.

Três clubes conseguira classificação para a Série D por sua classificação no Campeonato Paulista de 2017. Os representantes são o
  Novorizontino, do técnico Doriva; o Linense, comandado agora por Márcio Fernandes, e o Mirassol, do treinador Moisés Egert.



O Novorizontino está no Grupo A-13, com Atlético Itapemirim-ES, Uberlândia-MG e Americano-RJ.

No Grupo A-14, o 
Linense jogará contra Caldense-MG, Maringá-PR e Madureira-RJ.

Já o Mirassol terá pela frente o Nova Iguaçu-RJ, Caxias-RS e Inter de Lages-SC.

A classificação da Ferroviária para a Série D aconteceu através do título conquistado n
a Copa Paulista de 2017, no segundo semestre. E a Locomotiva de Araraquara, comandada pelo técnico PC de Oliveira, está no Grupo A-16, com Cianorte-PR, Novo Hamburgo-RS e Tubarão-SC.

O último paulista é o decadente Mogi Mirim, que está colecionando fracassos administrativos e sucessivos rebaixamentos nos últimos anos. No ano passado, por exemplo, o clube caiu da Série C para a D. Foi a segunda queda consecutiva no cenário nacional.

E neste ano, na Série A-3 (Terceira Divisão) do Campeonato Paulista, está na última colocação e bem próximo do rebaixamento à última divisão do Estado.

O Mogi Mirim, do técnico Cláudio Lopes, está 
no Grupo A-17, ao lado de Prudentópolis-PR, São José-RS e Brusque-SC. 

De acordo com o regulamento da Série D do Campeonato Brasileiro, a
penas os líderes de cada grupo terão vaga garantida na segunda fase da competição. Já os 15 melhores segundos colocados também estarão classificados para os mata-matas nas fases seguintes, que não terão mais o gol fora de casa como critério de desempate.


Em casa, Ponte Preta defende tabu contra Inter de Limeira pela Copa do Brasil

Em duelo entre alvinegros paulistas, a Ponte Preta recebe a Inter de Limeira nesta quarta-feira (21/2), às 21h45, no Estádio Moisés Lucarelli (Majestoso), em Campinas, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Na primeira fase da competição, a Macaca passou pelo Nacional-AM, após empate na Arena da Amazônia por 0 a 0. Já  o Leão da Paulista eliminou o Rio Branco-AC, com vitória por 1 a 0, em Limeira. Quem vencer o duelo pegara na terceira fase o vencedor do confronto entre ganhador de Paraná Clube e Sampaio Corrêa (MA). Em caso de empate no tempo normal, as equipes decidem a vaga em cobranças de penalidades máximas.

Nesta quarta-feira, a Macaca entrara em campo em defendendo tabu de 33 anos sem perder, em casa, para equipe limeirense. A última derrota foi por 3 a 1, em Campinas, pelo Paulistão de 1985. De lá para cá, a Ponte recepcionou a Inter, no Majestoso, em mais 13 oportunidades, com nove vitórias e quatro empates.


Na história, Ponte Preta e Inter de Limeira se enfrentaram 47 vezes, com 21 vitórias da equipe campineira, 14 empates e 12 triunfos do Leão da Paulista.

As duas equipes não se enfrentam há 13 anos. No último encontro, com gols de Roger e Harison, a Macaca venceu a Inter por 2 a 0, em partida valida pela 13ª rodada do Paulistão de 2005.






Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Atacante Deivid valoriza empate com Corinthians e elogia Red Bull Brasil


O Red Bull Brasil comemora um ponto somado contra o atual campeão brasileiro, o Corinthians, pelo placar de 1 a 1, na noite da última segunda-feira (19/2), no estádio Moisés Lucarelli, na cidade de Campinas, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Com o resultado, o Toro Loko se mantém vivo na luta para classificação ao se colocar na terceira posição com 11 pontos, mesma pontuação do vice-líder Botafogo, que vence no número de vitórias (3 contra 2).

Titular no confronto e um dos artilheiros da equipe no torneio, o atacante Deivid valorizou o empate obtido em casa contra o Timão.

``Pontuar diante de grande time é muito importante, principalmente em campeonato equilibrado, como é o Paulistão. Entramos em campo para vencer, lamentavelmente levamos o gol, mas tivemos força para buscar o empate, em jogo dificil. Temos sim que festejar este ponto´´, observou o atleta.


Autor de dois gols na competição e presente em todos os jogos do Red Bull, Deivid fez  análise sobre o duelo e ressaltou que o clube não fugiu das suas características de jogo.

``Estudamos bem o Corinthians, sua marcação, sua saída de bola e as principais jogadas do seu ataque. A partir dos 20 minutos do primeiro tempo, nós acertamos a marcação e tivemos atuação inteligente, sempre dentro do nosso plano de jogo, com posse de bola e utilizando a nossa saída rápida pelas pontas´´, descreveu o atacante, que completará 30 anos na próxima sexta-feira.


O Toro Loko terá a semana inteira de trabalho, pois voltará a campo na próxima segunda-feira (26/2), às 17h30, contra o Ituano, no estádio Novelli Junior, no município de Itu. O camisa 7, Deivid falou sobre o rival da nona rodada do Estadual.

``Teremos tempo importante para estudar o Ituano. Vamos analisar qual será nossa proposta de jogo, porém não vamos deixar de ter a posse da bola e de ser agressivo. Respeitamos muito o adversário, mas vamos buscar o resultado positivo´´, prometeu. 








Fonte: Agência New Comunicação

Por liderança isolada da Série A-3, Atibaia e Portuguesa Santista buscam desempate histórico

O Atibaia, do técnico Betão Alcântara, e a invicta Portuguesa Santista, do técnico Sergio Guedes, se enfrentam nesta quarta-feira (21/2), às 15 horas, no Estádio Ítalo Mário Limongi, o Gigante da Vila Industrial, na cidade de Indaiatuba, pela 11ª rodada da Terceira Divisão (Série A-3) do Campeonato Paulista.

As duas equipes dividem a liderança da competição, com 22 pontos cada. Por ter uma vitória a mais que o clube da Baixada Santista (sete contra seis), o time alaranjado é o líder.

Pela liderança isolada da Série A-3, os rivais entram em campo nesta quarta-feira buscando desempatar o histórico do confronto. Na história, as duas equipes se enfrentaram apenas cinco vezes, com retrospecto equilibrado, sendo duas vitórias para cada clube e um empate.

No encontro mais recente, com dois gols de Fernando, a Portuguesa Santista venceu o Atibaia por 2 a 0, no Estádio Ulrico Mursa, em Santos, pela 15ª rodada da Série A-3 do ano passado.

Na rodada passada, o Atibaia venceu o Rio Preto por 1 a 0, fora de casa, enquanto a invicta Briosa derrotou, em casa, o EC São Bernardo por 1 a 0.






Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

São Caetano colhe frutos do trabalho desenvolvido na base


Nos últimos jogos realizados pelo São Caetano no Campeonato Paulista, os jogadores Marlon e Nonato foram alguns dos principais destaques da equipe. Em comum nestes casos, está o fato que estes nomes vieram das categorias de base do Azulão.

Utilizando de peças que iniciam suas respectivas trajetórias no próprio Anacleto Campanella, o técnico Pintado destacou o aproveitamento sos  pratas da casa no Estadual.

``Esse é o futuro do São Caetano. Mais do que aproveitar a base a gente aproveita a qualidade dos jogadores. Estando no profissional é muito importante que eles aproveitem as chances´´, afirmou o treinador.

 Além de Nonato e Marlon - que tiveram participação de destaque diante da Ferroviária -, o Pequeno Gigante levou, no último sábado, outros três nomes da base para o banco de reservas pela primeira vez neste Paulistão. São eles: Marcus Vinicius, Markson e Léo Pereira, que já atuou no time de cima anteriormente.

Prestes a completar três anos no clube do ABC, Marcus Vinicius descreveu a felicidade de participar do dia a dia do profissional azulino.

``Sempre sonhei com isso (integrar o elenco principal). Observava jogadores como o Chiquinho e outros nomes do nosso elenco pela televisão. Por isso, treinar ao lado deles e, talvez entrar em algum jogo, é algo muito gratificante´´, contou o atacante, autor de dois gols na Copa São Paulo passada.

Outro nome vindo recentemente da base é Markson. Também debutante no banco de reservas do profissional contra a Locomotiva, o meia falou do aprendizado que retira diariamente com os atletas mais experientes.  

``É inexplicável a sensação de treinar ao lado de Chiquinho, Cristian, Helton Leite e outros. São jogadores experientes que me orientam e passam muitas coisas boas. Estou trabalhando firme e agradeço muito ao Pintado por essa oportunidade´´, contou o meia, que também atuou pelo Azulão na última edição da Copa São Paulo.

Além dos nomes citados, pratas da casa que compõem atualmente o elenco profissional do Azulão são Paulo Vinicius, Niltinho e Felipinho.







Fonte: assessoria de imprensa do São Caetano

Rio Branco desafia tabu no Riobrancão contra União Barbarense


O Rio Branco recebe o arquirrival União Barbarense nesta quarta-feira (21/2), às 19 horas, no Estádio Décio Vitta (Riobrancão), em Americana, pela 11ª rodada da Terceira Divisão (Série A-3) do Campeonato Paulista.

Os centenários alvinegros passam por momento delicado dentro da competição e aparecem dentro da zona de rebaixamento. O Tigre está em 18º lugar da tabela de classificação, com oito pontos, e o time de Santa Bárbara aparece na 14ª posição, com 11 pontos. O Olímpia é o primeiro clube fora do Z-6, com 13 pontos ganhos.

Na história, eles já se enfrentaram oficialmente 63 vezes, desde 1980, com supremacia do Alvinegro de Santa Bárbara, que tem mais que o dobro das vitórias do Alvinegro de Americana. São 29 vitórias do União Barbarense, 21 empates e apenas 13 triunfos do Tigre. O Leão da Treze assinalou 85 gols, contra 72 gols do Rio Branco.

Além do retrospecto desfavorável, o Rio Branco não vence o dérbi há cinco anos. A última vitória foi por 1 a 0, em Americana, pela Copa Paulista de 2013. De lá para cá, foram seis vitórias do União Barbarense e três empates.

O último dérbi foi disputado há dois anos e não houve vencedor. Rio Branco e União Barbarense empataram por 1 a 1, no Estádio Décio Vitta, em Americana, pela quarta rodada da Segunda Divisão (Série A-2) de 2016. Os gols aconteceram no primeiro tempo da partida. Júlio abriu o placar para o Tigre, aos 12 minutos, e Alisson empatou, aos 36.






Fonte: Luiz Carlos Éden - Sorocaba (SP)

Aniversariante do dia, Dudu Vieira fala sobre versatilidade na lateral do Santo André


O Santo André segue sua busca pela classificação às quartas de final do Campeonato Paulista. Dentre os destaques da equipe até aqui na competição está Dudu Vieira, volante que nesta terça-feira (20/2) completou 24 anos e falou sobre seu momento no clube.

``Tenho muito carinho pelo Santo André, é o clube que me abraçou e me deu oportunidade de mostrar meu futebol. O campeonato é muito difícil, mas tenho certeza que sob o comando do técnico Sérgio Soares vamos fazer ótima reta final e dar alegrias ao torcedor´´ anunciou o volante e dublê de lateral.

Dudu atuou em todas as oito partidas até aqui em setor de marcação e não sofreu nenhum cartão. Além disso, o jogador ainda mostrou versatilidade ao atuar na lateral direita na partida inteira contra o Bragantino e durante os duelos diante do Corinthians e Ferroviária.

``Eu estou aqui para ajudar, seja no meio ou na lateral, para alcançarmos os nossos objetivos. Aconteceu do time precisar de mim nessa posição em algumas situações e eu estou me dedicando ao máximo para somar´´, completou.

Natural de Campo Grande (MS), Dudu Vieira está no Santo André desde 2015, onde foi campeão paulista da Série A-2 (Segunda Divisão) em 2017. Depois, o jogador foi emprestado ao Figueirense e tornou-se o atleta que mais atuou no time catarinense naquele ano.






Fonte: Assessoria de imprensa do Santo André

Edimar quer Mirassol iniciando arrancada contra Ponte Preta

Ainda sem conseguir deslanchar no Campeonato Paulista, o Mirassol contou nas últimas duas rodadas com o retorno do zagueiro Edimar ao time titular. Experiente, o defensor foi bem e ajudou o Leão a ser vazado apenas uma vez nos dois jogos. Mas o triunfo não veio.

É justamente por isso que Edimar quer usar a semana cheia de treinamentos para a equipe iniciar um novo momento no Paulistão. Após dois empates consecutivos, chegou o momento da arrancada. E começando no fim de semana contra a Ponte Preta. Afinal, o Mirassol está na zona do rebaixamento no Paulistão.

``Nem precisamos falar muito do adversário. É equipe grande que nos últimos anos se acostumou a bater de frente e ganhar dos gigantes do nosso futebol, seja no próprio Paulistão ou até na Série A. Então somos obrigados a respeitar. Mas precisamos vencer. Temos que embalar. Precisamos muito da vitória e é para isso que vamos trabalhar nessa semana´´, afirmou o jogador, contratado após fazer história no Fortaleza conquistando o acesso ano passado.


Experiente, Edimar quer usar sua bagagem para ajudar. Para ele, foram detalhes que separaram o Mirassol da vitória nessas últimas duas rodadas.

``Se for pegar os dois jogos, contra Bragantino e Ituano, nós criamos bem mais que nossos adversários. Faltou pouco para vencermos. É ter um pouco mais de calma, tranquilidade. É natural ter toda pressão. Mas estamos trabalhando também em cima disso. Nosso grupo é bom e principalmente muito trabalhador. Estamos confiantes que vamos dar arrancada´´, finalizou.


O encontro entre Mirassol e Ponte Preta está marcado para domingo (25/2), às 19h30, na cidade de Mirassol.







Fonte: AV